segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Carlos Drummond de Andrade


Feliz olhar novo

"O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.
O grande lance é viver cada momento como se a receita de felicidade fosse o AQUI e o AGORA.
Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais..., mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Quero viver bem! Este ano que passou foi um ano cheio. Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões. Normal. As vezes a gente espera demais das pessoas. Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou. Normal.
O ano que vai entrar vai ser diferente. Muda o ano, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí? Fazer o quê? Acabar com o seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que desejo para todos é sabedoria! E que todos saibamos transformar tudo em boa experiência! Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida. Não pode ser responsável por um dia ruim... Entender o amigo que não merece nossa melhor parte. Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3. Ou mude-o de classe, transforme-o em colega. Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.
O nosso desejo não se realizou? Beleza, não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro): CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE.
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam bem diferentes.
Desejo para todo mundo esse olhar especial.
O ano que vai entrar pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro. O ano que vai entrar pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular... ou... Pode ser puro orgulho! Depende de mim, de você! Pode ser. E que seja!!!
Feliz olhar novo!!! Que o ano que se inicia seja do tamanho que você fizer.
Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!"

Feliz Ano Novo !!



Tuner, Amanhecer

domingo, 30 de dezembro de 2012

Mario Quintana




Hoje é Outro Dia

Quando abro cada manhã a janela do meu quarto
É como se abrisse o mesmo livro
Numa página nova…




sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Pablo Neruda - Saudade

Cordilheira dos Andes - Dezembro 2012



Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido. 

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012



Sal e sol,
ilusão e realidade.
Tudo se funde e
se confunde.
Sobra beleza
e salinidade.


terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Por que a Beleza Importa (Why Beauty Matters). Legendado



Este vídeo, apesar de longo, é realmente muito interessante e questionador. Independentemente da pessoa saber ou gostar de arte, é uma reflexão sobre a beleza e o rumo que estamos dando ao nosso modo de vê-la. Vale a pena ver. Claro, que se gostar e conhecer um pouco de arte, fica imperdível!

sábado, 15 de dezembro de 2012

Simon's Cat in 'Santa Claws'

"Antes de ti este dia é bom ou mau, vida e morte. Escolha a vida que tanto tu quanto os teus descendentes podem vir a viver."
Deuteronômio, 30:19

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012


Recado aos Amigos Distantes

Meus companheiros amados,
não vos espero nem chamo:
porque vou para outros lados.
Mas é certo que vos amo.

Nem sempre os que estão mais perto
fazem melhor companhia.
Mesmo com sol encoberto,
todos sabem quando é dia.

Pelo vosso campo imenso,
vou cortando meus atalhos.
Por vosso amor é que penso
e me dou tantos trabalhos.

Não condeneis, por enquanto,
minha rebelde maneira.
Para libertar-me tanto,
fico vossa prisioneira.

Por mais que longe pareça,
ides na minha lembrança,
ides na minha cabeça,
valeis a minha Esperança.

Cecília Meireles, in 'Poemas (1951)'


MASON, Alice - Montanhas Espanholas com Finca


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Nikola Tesla 3/5



O melhor e o pior do ser humano!
Como seria nosso mundo se TESLA tivesse sido reconhecido desde então?

domingo, 9 de dezembro de 2012

Tao te King - Lao Tzu




Princípio Feminino

O Espírito do Vale nunca morre, é a Mãe Misteriosa.
Seu ventre é a porta contínua e permanente da origem do Céu e da Terra.
Sua função nunca se esgota.
Sutil, ininterrupta, perdura eternamente.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Sombrinhas - STANISLAV SIDOROV

Sombrinhas Azuis

Sombrinhas Românticas


Encontrei esse pintor russo que pelo jeito tem a mesma paixão que eu por sombrinhas. A água, o fluir dos afetos, o frescor que nos envolve, o cheiro do ar, o brilho da atmosfera, tudo isso vem com a chuva e com o pós-chuva... Puro prazer!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Lulu Santos - Certas Coisas Legendado Acústico




Essa letra e música diz tudo! Os paradoxos da vida....

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

São Gabriel Iconografia Russa




Santo Anjo do Senhor
Meu zeloso guardador
Se a ti me confiou a piedade divina
Sempre me rege, me guarda
Me governa e me ilumina
Amém

domingo, 2 de dezembro de 2012

Abdullah ANSARI

O Conhecedor e o Conhecido

Aquele que sabe
Que este corpo é da terra
Livra-se do orgulho.

Aquele que sabe
Que a lei de Deus prevalece
Está livre do sofrimento.

Aquele que sabe
Que cada evento é pré-determinado
Não mais planeja.

Aquele que sabe
Que tudo que ocorre vem Dele
Está livre das atribulações.

Alice MASON, Happy Tree

sábado, 1 de dezembro de 2012

Florbela Espanca

Paul Klee - Balão Vermelho


Cantigas leva-as o vento....

A lembrança dos teus beijos
Inda na minh'alma existe,
Como um perfume perdido,
Nas folhas dum livro triste.


Perfume tão esquisito
E de tal suavidade,
Que mesmo desapar'cido
Revive numa saudade!



sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Amor e arte

Frederick Arthur Bridgman

Robert Frederick Blum

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Kolam Video for ISKFA 2006



Padrões geométricos louquíssimos, adoráveis... descontruindo a mente linear!

Shakespeare

"Não existe nada bom ou mau, mas pensar faz com que fique assim."

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Feminino


“As mulheres evitam essa armadilha (de se enredar na teia dos valores patriarcais) permanecendo fiéis ao feminino profundo, honrando os relacionamentos e a flexibilidade simbolizados pela água. Não é uma tarefa fácil, sobretudo numa cultura competitiva como a atual, vertiginosamente rápida. Seguir pelo rio implica seguir o fluxo, o que significa dar atenção aos ritmos corporais, dar ouvidos às intuições internas, permitir-se algum tempo para refletir, abrir mão da necessidade de estar no controle de todas as situações.”
 CHINEM, Allan B. , A mulher heroica, Summus Editorial SP.

BOTTICELLI, As três Graças

domingo, 25 de novembro de 2012

Marc CHAGALL


Paris par la fenêtre, 1913,
Óleo. Guggenheim Museum, NY, USA

Nessa belíssima obra de Chagall uma amostra da vida parisiense, vista pela janela.

sábado, 24 de novembro de 2012




"Ao aproximares-te de uma pessoa, tu te aproximas de Deus e ao afastar-te de uma

 pessoa, Deus estará distante para ti."

Será que não compreendes que ao afastares as pessoas da tua vida, deixas de ver o que

tens que corrigir na tua mente e assim atrais exatamente o mesmo tipo com outro nome?''

A Course In Miracles



segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Cidade

Uma cidade é um assentamento humano em que estranhos têm chance de se encontrar. 

Richard Sennett

Visões da minha janela

domingo, 18 de novembro de 2012

A distância entre nós - Thurity Umrigar

     Quem me indicou e emprestou esse livro foi a Lilia. Adoro as indicações dela. Esse eu tive vontade de parar de ler, no meio. Difícil mesmo. Me sentia indignada com a crueldade, com as situações que essas duas mulheres indianas, uma patroa e sua empregada vivem no decorrer de suas vidas. Suas vidas sendo fiadas, juntas e separadas, no tecido da vida que embeleza a capa. Entrelaçadas pelo destino, submetidas a sua cultura e aos seus dogmas interiores, fruto desse exterior presente e potente. Conversei com a Lilia, entendi que aquilo que antevia na trama se confirmaria. Resisti bravamente, me esforcei para continuar, continuei.... continuei e adorei! Em algum momento, a caminho do final, vão se desvendando as relações e o avesso do desenho é belo, é puro amor. Um livro avassalador, cruel, instigante e libertador. Vale a pena, como todos os outros que essa pessoa maravilhosa, de fina sensibilidade e muita sabedoria me indica.




sábado, 17 de novembro de 2012

RUMI - MASNAVI

....
Como somos todos membros de Adão,
já ouvimos essas melodias no Paraíso;
Embora a terra e a água tenham lançado seu véu sobre nós,
Guardamos pálidas reminiscências dessas canções celestiais,
Mas, enquanto estivemos assim envoltos  nos grossos véus terrenos,
Como podem os sons das esferas dançantes alcançar-nos?

É por isso que ouvir músicas é o alimento dos amantes,
Porque recorda a eles sua união primordial com Deus.
Os sentimentos internos da alma adquirem força,
Ou ainda, exteriorizam-se sob a influência da música,
O fogo do amor arde mais forte sob o estímulo da música,
Como aconteceu no caso do colhedor de nozes.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Lao Tsé


"Delicadeza nas palavras, gera confiança.
Delicadeza no pensamento, gera profundidade.
Delicadeza no doar-se, gera amor."



quinta-feira, 15 de novembro de 2012

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Rumi e Vatcheva


Albena VATCHEVA - Sonata para dois e unicórnio
 Levantai-vos, ó amantes; essa brisa doce é vossa;
Vós sois aqueles que perduram; a vida eterna é vossa.
Ó! Vós que buscais, levantai-vos e sede saciados de amor.
Rumi - Masnavi

terça-feira, 13 de novembro de 2012

A dançarina Titeux

Essa estátua grega que leva o nome de seu  descobridor, exala sensualidade em suas vestes transparentes. Ela dá a sensação de movimento através da postura corporal e da vestimenta. Traz equilíbrio na oposição dos braços e pernas. Uma preciosa harmonia compõe essa figura pequenina, que podemos ver dançar ao olhá-la de vários ângulos.














segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Rainer Maria Rilke - As Rosas

Vejo-te, rosa, livro à metade
aberto que contém tantas páginas
de detalhada felicidade
que jamais serão lidas. Livro-mago,

que se abre ao vento e cuja leitura
se pode fazer de olhos fechados....
de lá as borboletas voam confusas
pelas mesmas idéias lhes terem inspirado.




domingo, 11 de novembro de 2012

Tina Palmer

PALMER, depois da chuva - Discovery Galleries

sábado, 10 de novembro de 2012

Museu dos Mosaicos do Grande Palácio



Istambul, Turquia - Período Bizantino

Sou apaixonada por mosaicos. Imagine o que é construir uma imagem dessas, pedrinha por pedrinha: dar um sentido expressivo a uma cena cotidiana partindo de pequenos fragmentos esparsos. Não será exatamente isso o que fazemos da nossa vida? Fantástico!


quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Nasrudin - Apetite







_  Não pude comer nada nos últimos três dias - disse Nasrudin.
_  Por Deus, mulá! Com seu apetite? Deves estar muito enfermo.
_  Não, é que ninguém me convidou para comer. Isso é tudo.


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Gerald Epstein - por quê?

"Por quê" é uma excelente pergunta quando feita por cientistas interessados no mundo físico, mas não é relevante na área das relações humanas. "Por quê" somente nos provoca a criar histórias, explicações que se transformam em crenças falsas que são um fardo. Quando paramos de perguntar por quê, vamos parar de culpar a nós mesmos e aos outros e parar de nos prendermos ao passado.

A essência da medicina espiritual está enclausurada num único ato e toda cura baseia-se nesse ato: venha para o presente.


domingo, 4 de novembro de 2012

Blek le rat e Banksy - Arte de rua



Com grafiteiros desse nível a arte ganha as ruas.... Maravilhoso! Inicia-se com Blek le rat, (1951), em Paris, por volta dos anos 80.  O pseudônimo foi adotado segundo ele, porque os ratos eram os únicos realmente livres em Paris. Utiliza estencil
E, como tudo que é bom cresce, segue-se outro: Banksy, um artista britânico.



Banksy é um grafiteiro satírico, pintor, político, diretor de cinema. Sua arte é encontrada em Bristol, onde nasceu em 1974, em Londres e ganha o mundo.

sábado, 3 de novembro de 2012

Durer - Cupido


Albrecht Durer, Cupido o Ladrão de Mel, 1514, caneta, tinta e aquarela sobre papel, Museu de Viena - Áustria

Ticiano - Cupido e a roda da fortuna

1520, Oléo sobre tela, Galeria Nacional de Arte USA

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

O visitante de longe


O Visitante de Longe
Uma vez, de um mundo que está além das estrelas, um homem saiu do país da Luz, para resgatar da Terra uma jóia preciosa que estava sob a guarda de uma perigosa serpente. Quando chegou ao país onde estava a jóia, mudou as feições do rosto com o objetivo de que as pessoas do lugar não percebessem que vinha de outra parte e se pusessem na defensiva. Mas, como tinha que se alimentar como eles e estava em sua atmosfera, caiu também em estado de sono e esqueceu sua missão. Encontrou outras pessoas que o reconheceram e o advertiram, mas não conseguiu evitar isso.

Agora, no país da Luz, seu pai se deu conta do que acontecera a seu filho e enviou-lhe depressa uma mensagem, dizendo-lhe que despertasse e continuasse sua tarefa. A mensagem sacudiu o homem, em cuja mente começou a aflorar a lembrança de sua origem. Acordou. Resgatou a jóia e matou a serpente.

Depois, voltou e mudou as feições do rosto de acordo com as pessoas do país da Luz. Quando chegou em casa, reconheceu suas origens com maior clareza do que quando vivia aí.

Foto: Curitiba

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Rubem Alves - sobre bruxas....



Sobre bruxas e vassouras

NUNCA ENTENDI AS RAZÕES por que as bruxas usavam vassouras como seu meio de transporte. Pelo que sei, as bruxas são entidades dotadas de grande poder, e não há razões para que saiam pelos céus exibindo a sua indigência, usando esse objeto sujo como se fosse um disco voador. Eu preferiria, para seguir as histórias das mil e uma noites, que elas viajassem num tapete persa mágico ou que cavalgassem um macio dragão soltando fogo pelas ventas.
Mas todas as coisas, mesmo as mais estranhas, têm as suas razões. Aprendi que é fato comprovado: as bruxas viajavam por terras maravilhosas e desconhecidas tendo uma vassoura no meio das pernas.
Aconteceu assim.
Ia eu numa das minhas caminhadas matutinas pela fazenda Santa Elisa quando me vi diante de uma árvore cheia das flores brancas vulgarmente chamadas trombetas, pendentes dos galhos como pequenos lustres. Essa flor, eu a conheço desde a minha infância. Elas são grandes, lindas e perigosas. Sua brancura esconde poderes alucinógenos incomparáveis. Podem ser letais. Sei de um pesquisador sóbrio que só de manipular essa flor no laboratório ficou doidão.
Comentei esse fato com o cientista que me acompanhava, e ele me informou que, segundo informações da internet, há uma curiosa relação entre essa flor, nome científico datura suaveolens, e a lenda das bruxas que voam montadas em vassouras. Quem quiser que entre no Google: +datura+witch.
As bruxas foram uma invenção da Inquisição. Para justificar a sua queima nas fogueiras pela glória de Deus, diziam que eram adoradoras do demônio. E mais, que até transavam com o dito. Na verdade, as mulheres que a Inquisição amaldiçoou com o nome de bruxas eram sacerdotisas de uma antiqüíssima religião matriarcal anterior ao cristianismo baseada na Terra, no ciclo dos astros, no tempo e nas plantas e animais. Faziam, com freqüência, uso de plantas psicoativas em busca de sabedoria e de experiências com o sagrado.
Uma das poções alucinógenas usadas por elas tinha o nome de "ungüento voador", feita com uma mistura de ervas, uma delas sendo a trombeta ou datura, que era também conhecida como "o suco da alegria". A datura, misturada com várias outras ervas, era fervida em óleo, provavelmente num caldeirão, e depois bebida num ritual. Aquelas que a tomavam tinham alucinações, delírios e amnésia. A experiência devia ser boa -caso contrário teria sido abandonada.
Aconteceu, entretanto, que em decorrência dos seus perigos, as sacerdotisas trataram de inventar uma versão mais suave e segura. Ao invés de beber a poção, imaginaram esfregá-la em mucosas sensíveis. Assim, fazia-se a poção mágica mexendo a beberragem com uma vassourinha de pelos macios. A vassourinha de pelos macios era então usada para umedecer as mucosas das regiões entre as pernas, genitais. Assim, vinham-lhes deliciosas alucinações, e elas voavam, montadas na vassourinha...
Está assim explicada a lenda das bruxas montadas nas vassouras. Mas bruxa velha, com nariz adunco e comprido, chapéu preto e pontudo, isso é invenção de padre. Acho que as sacerdotisas podiam até ser muito bonitas...

"Há sempre um pouco de magia no ar quando se fala em hipnose."

Jeffrey Zeig


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Khayyan






Um jardim florido, uma bela mulher, e vinho.
Eis o meu prazer e a minha amargura,
o meu paraíso e o meu inferno.
Mas quem sabe o que é Céu e o que é Inferno?

(Omar Khayyan)  Rubayat,- poeta do século X

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Contos da Tradição Oral - Trecho


Sobre os relacionamentos amorosos

Deixa que em vossa união cresçam os espaços
Amam-se um ao outro, mas não façam do amor uma prisão
Enchem-se mutuamente as taças porém não bebam da mesma
Compartilhem vosso pão mas não comam do mesmo pedaço
E permaneçam juntos mas não demasiadamente juntos
Pois nem o carvalho  nem o cipreste crescem um a sombra do outro.

Adão e Eva, Gustav Klimt

domingo, 28 de outubro de 2012

"Quando uma mulher reivindica a posse de sua autoridade interior, ela dá um salto importante para a oitava mais alta do feminino. Seus sentidos mais sutis são despertados: intuição, introvisão e sensibilidade para o seu próprio ritmo. Ela toca aquele estágio delicado de graça e sente o poder, a energia, a profundidade de ser uma mulher. Seu riso e vitalidade brotam de seu íntimo mais profundo e ela dá à luz seu filho natural - a alegria."

MARLOW, Mary Elizabeth . A mulher emergente

Velasquez

sábado, 27 de outubro de 2012

De vez em quando sou pega por uma obra... ela me leva longe dentro de mim, me surpreende e encanta... Hoje me deparei com essa belíssima obra e veio-me o pasmo: como sentir o vento em uma escultura em bronze??? É assim, esses artistas maravilhosos e os mundos fascinantes que nos convidam a entrar. Adoro!

 Shirley Mc-Worter Moss - Portal


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

SAADI

"Nem toda ostra contém uma pérola. Nem sempre o arqueiro acerta o alvo."


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Hujwiri

O pior homem é aquele que parece estar servindo a Deus, mas, na realidade não está; o mais nobre é aquele que não parece ser devoto de Deus e, na verdade, é.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Hafiz


No te aflijas: la belleza volverá a encantarte con su gracia;
tu celda de tristeza se trocará en un jardín de rosas.
No te aflijas: tu mal será trocado en bien;
no te detengas en lo que te inquieta,
pues tu espíritu conocerá de nuevo la paz.
... No te aflijas: una vez más la vida volverá a tu jardín
y pronto verás, ¡oh cantor de la noche!
una corona de rosas en tu frente.
No te aflijas si, algún día,
las esferas del cosmos no giran según tus deseos,
pues la rueda del tiempo no gira siempre en el mismo sentido.
No te aflijas si, por amor,
penetras en el desierto y las espinas te hieren.
No te aflijas, alma mía,
si el torrente del tiempo arrastra tu morada mortal,
pues tienes el amor para salvarte del naufragio.
No te aflijas si el viaje es amargo,
no te aflijas si la meta es invisible.
Todos los caminos conducen a una sola meta.
No te aflijas, Hafiz,
en tu rincón humilde en que te crees pobre,
abandonado a la noche oscura,
y piensa que aún te queda tu canción y tu amor.

- Hafiz

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Cecília Meireles


Dai-me, Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço.


A grande onda - Katsushika  Hokusai

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Atitude - Cecília Meireles

Minha esperança perdeu seu nome....
Fechei meu sonho, para chamá-la.
A tristeza transfigurou-me
como o luar que entra numa sala.

O ultimo passo do destino
parará sem forma funesta,
e a noite oscilará como um dourado sino
derramando flores de festa.

Meus olhos estarão sobre espelhos, pensando
nos caminhos que existem dentro das coisas transparentes.

E um campo de estrelas irá brotando
atrás das lembranças ardentes.

Van Gogh - A noite estrelada

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Jung - O mapa da alma

"Uma quantidade moderada de conflito com o meio ambiente e certa dose de frustração são, portanto, as melhores condições para o crescimento do ego.[...] Para estimular o crescimento do ego, um ambiente climatizado e super protetor não oferece nada de útil."
Murray Stein

Klimt, As 3 idades da mulher

domingo, 14 de outubro de 2012

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Jorge Bucay "El Elefante Encadenado"



Tem legendas em português....
Vamos lá, trocar as antigas crenças limitantes por outras, possibilitadoras. A hora é agora!

Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal.
Friedrich Nietzsche


 O Parnaso de Poussin

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

São Francisco de Assis


Cântico do Irmão sol - Cântico das Criaturas

Altíssimo, onipotente, bom Senhor,
teus são o louvor, a glória e a honra e toda bênção.
A ti somente, Altíssimo, são devidos
e homem algum é digno de te mencionar.

Louvado sejas, meu Senhor, com todas as tuas criaturas, especialmente meu senhor o irmão sol
que, com luz, ilumina o dia e a nós.
E ele é belo e radiante com grande esplendor:
de ti, Altíssimo, carrega significação.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã luz e as estrelas,
no céu as formaste claras e preciosas e belas.

Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento
e pelo ar e nublado e sereno e todo o tempo
pelo qual dás sustento às tuas criaturas.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água
que é muito útil e humilde e preciosa e casta.

Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão fogo
pelo qual iluminas a noite e ele é belo e jucundo e robusto e forte.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã nossa mãe terra
que nos sustenta e governa e produz diversos frutos
com coloridas flores e ervas.

Louvado sejas, meu Senhor, por aqueles
que perdoam por teu amor
e suportam enfermidades e tribulações.
Bem-aventurados aqueles que sustentam a paz porque por ti, Altíssimo, serão coroados.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã nossa morte corporal
da qual nenhum homem vivente pode escapar.
Infelizes aqueles que morrem em pecado mortal;
bem-aventurados aqueles
que se encontram em tua santíssima vontade
porque a morte segunda não lhes fará mal.

Louvai e bendizei a meu Senhor
e agradecei e servi-o com grande humildade.

São Francisco de Assis